segunda-feira, 28 de novembro de 2011

«Semeia-me no pó e, de mim não tenhas dó»
                                           (a propósito da sementeira dos cereais)

1 comentário:

  1. Num Outubro como o deste ano, aplica-se este provérbio mais que nunca

    ResponderEliminar